Composição dos Fios

bg

É importante saber quais tipos de fios existem por aí, pois a escolha do fio vai afetar o resultado final do projeto e pra não correr o risco de achar que não nasceu pro negócio do tricô, quando na verdade, escolheu o fio errado.

* Lã (Wool): É a tradicional lã de carneiro, que pode ser de diferentes raças. A Merino, por exemplo, é uma raça de carneiro nobre, que oferece uma fibra superfina, térmica e macia. Um ponto negativo é que as peças de Merino têm uma certa tendência formar bolinhas com o atrito.

*Alpaca: É a fibra que vêm de um animal parecido com a lhama, que lembra um camelo peludo. Peças de alpaca são ótimos isolantes térmicos. Recomendado para toucas, luvas e cachecóis, porém Alpaca pura pode ser muito quente para uma blusa. Neste caso recomenda-se usar um fio misto de alpaca e lã.

*Mohair: Feita do pêlo de cabra cuja raça se chama Angora (não confundir com o coelho Angorá). O mohair da cabra adulta pode pinicar um pouco em contato direto com a pele então procure evitá-lo em cachecóis. Fica muito bem para cardigans.

*Cashmere: Também vêm das cabras, porém do pêlo da barriga das cabras da raça Cashemere. É um fio de luxo, a peça tricotada com cashmere fica extremamente macia e igualmente cara. Uma opção mais econômica é usar um fio que seja misto de cashmere e lã.

*Angorá:  Fibra de coelho angorá. É fina e macia e peluda, parece cabelo de bebê.

*Seda (Silk): A fibra é um longo filamento produzido pelo bicho da seda. Seda pura é bem cara, mas existem fios mistos de seda que são mais em conta.

*Algodão (Cotton): Fibra vegetal que vira um fio leve, macio e absorvente. Vale lembrar que o algodão puro possui pouca elasticidade e que o tricô com fio de algodão mostra mais defeitos na trama que as outras fibras. Reserve para quando tiver mais prática.

*Acrílico (Acrylic): Fibra sintética feita de polipropileno. No atual mercado brasileiro 90% dos fios levam algum acrílico na composição. Tem seus prós e contras. A gama de cores é bem grande, é ótima opção para roupas de criança (fácil de lavar à máquina), barata para iniciantes e para projetos mais experimentais. Mas podem ser ásperos, dependendo da remessa.

* Poliamida (Polyamide): Também conhecida como Nylon. A primeira fibra têxtil sintética criada em 1935 pela Du Pont. É bem macia e apresenta um toque ‘gelado’. É muito usada em peças para esporte, lingerie, meias, etc.

E não acaba aí. Existem ainda lá fora fibras novas como a de Bambu (pura ou mista com lã) e, feitas de pêlo de cachorro e gato.

Obs: O percentual de cada fibra é que vai indicar a fibra predominante na composição.

composição dos fios

fonte: amtcomposicaodosfios
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s